quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Morre protagonista do seriado Spectreman




O ano novo começou com uma nota triste para os fãs de seriados japoneses, em especial os brasileiros. Morreu no dia 1º de janeiro o ator Tetsuo Narikawa. Especialista em judô e karatê, foi fundador e presidente da Liga Internacional de Caratê no Japão. Ele ficou conhecido, porém, como protagonista do seriado Spectreman, o primeiro tokusatsu a fazer sucesso nos anos 1970 tanto no Japão como no Ocidente.
Narikawa, nascido na capital japonesa, começou sua carreira de ator em televisão em 1967, tendo trabalhado na área até 1983. Apesar de seu relativo sucesso na carreira, ficou marcado por seu personagem Kenji na série Spectreman, de 1971. A produção foi a primeira a tratar coerentemente o tema da poluição e o personagem-título protegia o planeta de monstros criados por um cientista alienígena, o Dr. Gori.

Apesar de ser uma produção juvenil, Spectreman passava uma mensagem séria e ao mesmo tempo ambígua, visto que o verdadeiro vilão é, na verdade, a própria raça humana.
O totalitário Dr. Gori mostra-se uma espécie de gênio incompreendido, que busca destruir a humanidade antes que ela destrua a si mesma e cause danos na ordem universal. Já o herói interpretado por Narinawa pode ser visto como o defensor da esperança nos homens, que teriam o direito de aprender com seus erros e mudar o planeta para melhor. Algo que, quase 40 anos depois, soa muito atual.
Prova dessa visão de futuro era a clássica narração de abertura de cada episódio: "Planeta: Terra. Cidade: Tóquio. Como em todas as metrópoles deste planeta, Tóquio se acha hoje em desvantagem em sua luta contra o maior inimigo do homem: a poluição. E, apesar dos esforços das autoridades de todo o mundo, pode chegar um dia em que a terra, o ar e as águas venham a se tornar letais para toda e qualquer forma de vida. Quem poderá intervir? Spectreman!"
Não deixa, portanto, de ser triste notar que o planeta esteja se deteriorando em grande parte graças à poluição, que continua causando a degradação do ecossistema e mortes em todo o mundo. Inclusive a de Tetsuo Narinawa, morto aos 65 anos de câncer no pulmão em decorrência do fumo. Será que o maléfico Dr. Gori estava certo, afinal?

4 comentários:

  1. Que bom que voltou a escrever. Eu não vi este seriado, mas pelo q li o tema dele realmente parece bem atual. O ator levou consigo o herói da série, mas ainda temos o herói real dentro de nós pra combater os males que atingem nosso planeta! :)
    bjão primo

    ResponderExcluir
  2. sinto muita falta desta epoca boa me tras lembransas da infansia e de meu pai

    ResponderExcluir
  3. gueria ter alguen para ser meu amigo ou amiga para falar desta epoca

    ResponderExcluir